Mico-leão-dourado. Foto: Haroldo Palo Jr.
Mico-leão-dourado. Foto: Haroldo Palo Jr.

Linhas de Apoio

Investir em projetos de conservação da biodiversidade, a médio e longo prazos, é uma das principais estratégias para garantir o bem-estar social desta e das futuras gerações.

Por essa razão, mantemos há mais de 20 anos um programa de apoio a iniciativas de conservação da natureza no país, contribuindo para o desenvolvimento científico, aplicação prática e divulgação do conhecimento gerado, ampliando o engajamento em prol da necessidade de conservação de nossos ambientes naturais.

Apoiamos projetos e programas de pesquisa que revertam em ações práticas de conservação. Nossas linhas temáticas são:

  1. Unidades de Conservação de Proteção Integral (continentais e marinhas) e RPPNs: criação, ampliação e execução de atividades prioritárias de seus Planos de Manejo;
  2. Espécies Ameaçadas: execução de ações prioritárias dos Planos de Ação Nacional (PAN) para espécies e ecossistemas e definição de status de ameaça;
  3. Ambientes Marinhos: estudos, ações e ferramentas para proteção e redução da pressão sobre a biodiversidade marinha;
  4. Políticas Públicas: implementação e fortalecimento de incentivos para conservação, instrumentos legais para fiscalização e proteção da biodiversidade, consolidação de áreas protegidas e parcerias para conservação. Essa temática é exclusiva para o Apoio a Programas.

Como se inscrever

Projetos propostos para todo o território nacional, de 12 a 24 meses de duração, e para instituições paranaenses, de 12 a 36 meses, são submetidos por meio de formulários on-line. Programas de 36 a 48 meses são submetidos por meio de cartas-consulta, também on-line. Já pesquisas em nossas Reservas Naturais são submetidas via formulário disponível para download.

Para que a inscrição da proposta seja concretizada, é necessário atender todos os requisitos, conforme os formulários e as orientações disponíveis para cada linha de apoio.

Para a inscrição, seleção e análise das propostas submetidas aos Editais de Apoio a Projetos e Biodiversidade do Paraná, adotamos um calendário fixo:

Edital de Apoio a Projetos:

  • 1º semestre: 1º de fevereiro até 31 de março (abrangência nacional).
  • 2º semestre: 1º de julho até 31 de agosto (abrangência em 2016: Cerrado/Caatinga).

Edital Biodiversidade do Paraná:

  • 2º semestre: 1º de julho até 31 de agosto.

 

Quem pode se inscrever

Apoiamos somente iniciativas submetidas por pessoas jurídicas sem fins lucrativos, como organizações não governamentais, fundações ou associações privadas.

Instituições públicas não são elegíveis como instituições responsáveis pela proposta, exceto no Edital Biodiversidade do Paraná, por meio do formulário da Fundação Araucária.

Linhas de Apoio

Apoio a Projetos

Vigente desde o início dos anos 90, o edital de Apoio a Projetos é destinado a ações e instituições de todo o Brasil.
 

Apoio a Projetos
Foto: Haroldo Palo Jr.

Apoio a Programas

Objetiva o apoio a ações de médio a longo prazos em todo o Brasil, que resultem em maior impacto positivo para a conservação ou políticas públicas relacionadas. Exclusivo para o segundo semestre.

Apoio a Programas
Foto: Fernando Piacastelli

Edital Biodiversidade do Paraná

Voltado a instituições paranaenses, com prioridade para ações na Floresta com Araucárias e região do Lagamar.

Edital Biodiversidade do Paraná
Foto: Haroldo Palo Jr.

Programa de Pesquisa nas Reservas

Para pesquisadores que desejam desenvolver estudos nas Reservas Naturais de Salto Morato e Serra do Tombador.

Programa de Pesquisa nas Reservas
Foto: Acervo Fundação