Nome da Foto
Araracanga. Foto: Haroldo Palo Jr.

Notícias

31 jan 2017
Reserva Natural Serra do Tombador

Expedição ao Cerrado terá websérie

Reunimos pesquisadores de todo o Brasil em uma excursão técnica na Reserva Natural Serra do Tombador

O pesquisador Werther Ramalho, durante uma das saídas noturnas da Expedição Tombador, encontrou uma espécie de serpente.
Crédito: André Dib​
Todos sabem que conservar a natureza é importante, mas você já parou para pensar como isso é feito na prática? Com a nova websérie “Expedição Tombador”, que começa amanhã, 1º de fevereiro, você poderá acompanhar de perto o dia a dia de pesquisadores que atuam em conservação da biodiversidade.

Com dez episódios, a série “Expedição Tombador” foi produzida durante a I Expedição de Biodiversidade da Reserva Natural Serra do Tombador, unidade de Conservação que mantemos no Cerrado goiano e que tem área equivalente a 8 mil campos de futebol. A expedição envolveu dez pesquisadores especialistas em herpetofauna (anfíbios e répteis), ictionfauna (peixes), morcegos, pequenos mamíferos e xenartra (tatus e preguiças, por exemplo). Também contou com a participação da nossa equipe de comunicação, que registrou tudo para fazer a websérie. 

A expedição durou 12 dias e foi realizada no final de novembro de 2016. O objetivo era conhecer mais sobre a biodiversidade da área da reserva, ainda pouco explorada cientificamente, e reforçar a importância ecológica de Tombador.

Os pesquisadores trabalharam em turnos alternados durante dia e noite, em ritmo intenso e conseguiram excelentes resultados. Foram identificadas 40 espécies que ainda não haviam sido registradas em Tombador, como a cobra-coral-verdadeira e o tatu-de-rabo-mole. Também foi descoberta uma nova espécie de rã, que deverá ser descrita em breve.

Fique ligado em nosso site e em nossa fan page no Facebook para acompanhar a série “Expedição Tombador”. ​