Nome da Foto
Araracanga. Foto: Haroldo Palo Jr.

Notícias

13 fev 2017
Artigos

Ecoturismo no Brasil: um sonho possível?

É possível proteger a biodiversidade e gerar renda, investindo em Ecoturismo? Nossa especialista responde a essa e outras perguntas neste artigo.

Leide Takahash: “Exercer a nossa cidadania é cobrar medidas para facilitar a criação de mais unidades de conservação”.​
Crédito: Gisele Koprowski
Por Leide Takahashi*
 
Vários modelos de negócios vêm mostrando ao mundo que desenvolvimento e conservação da natureza podem ter uma forte relação, devem andar juntos e, diferentemente do que se pensava, não barram o desenvolvimento da economia. Ao contrário, podem ser rentáveis. Bons exemplos dessa aliança vêm do setor de turismo, com o Turismo Ecológico e o Ecoturismo. 

Atualmente, o Turismo Ecológico cresce de 15% a 25% ao ano. Em todo o mundo, 10% dos turistas buscam esse tipo de atração. Para estimular este mercado, a Organização das Nações Unidas (ONU) determinou que 2017 será o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento. 

Para continuar a leitura, acesse nosso portal de artigos clicando aqui​

*Leide Takahashi é consultora em planos de manejo e uso público em diferentes unidades de conservação federais, estaduais e privadas, membro da Comissão Mundial de Áreas Protegidas e gerente de Projetos Ambientais da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.